Cultivo de plantas em pequenos espaços e apartamentos

Autor(a):

Na agitada rotina diária, necessitamos de atividades que renovem nossa energia, o cultivo de plantas pode ser uma boa alternativa, tudo depende da escolha das espécies, dos recipientes e de alguns cuidados básicos.

  • Avalie o ambiente em que deseja colocar as plantas, se é bem iluminado, e qual o horário do sol, isso é muito importante para a escolha das espécies, do vaso e do tipo de terra a ser usado.
  • Em sacadas ensolaradas, dê preferência aos vasos de barro que mantém a temperatura mais baixa nas raízes, escolha sempre aqueles que tenham furos na parte inferior para que possa escoar a água.
  • Use terra vegetal ou terra preta, que já foi processada e está livre de fungos, bactérias e sementes de ervas daninhas. Para nutrição, dê preferência ao adubo orgânico, eles são excelentes e não queimam as plantas, a adubação pode ser aplicada seguindo a quantidade recomendada nas embalagens.
  • O ideal para as varandas muito ensolaradas é optar por suculentas e cactos, que adoram sol e pouca água e ficam ainda mais coloridos nessas condições. Em sacadas, onde venta muito, utilize vasos de plástico, eles ajudam a reter a água.
  • Sacadas ou locais com sol apenas pela manhã são ideais para pequenas hortas que possam ser cultivadas em floreiras de plástico ou de barro. Orquídeas e cactos pendentes e muitas espécies ornamentais se adaptam bem a essa condição, especialmente quando suspensos.
  • Para orquídeas, prefira os vasos de barro furados nas laterais, isso facilita a fixação das raízes e o não apodrecimento das mesmas, não use terra, use fibras, cascas de pinus e, na base do vaso, isopor cortadinho para drenar.
  • Para interiores com pouca iluminação, escolha samambaias, antúrios, assim como as espécies da família Araceae. Se não quiser ter trabalho algum, aposte na Espada-de-São-Jorge, a planta se adapta a qualquer ambiente, com exigência mínima de água e nutrientes.
  • Nunca regue a planta no período em que o sol estiver quente, verifique se a terra já está úmida, se estiver, espere mais ou pouco ou reduza a quantidade de água.

Em caso de dúvida, procure um Biólogo ou Botânico, ele poderá ajudar na escolha da espécie correta para o ambiente que você deseja harmonizar.

Daniela Cristina Imig
Coordenadora do Curso de Ciências Biológicas

#insta
#facebook
Uniandrade © 2019