Cursos da área da Saúde engajam alunos em Campanha de Doação de Sangue

Autor(a):

AJUDAR ESTÁ NO SANGUE

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), todos os dias há casos de pessoas que precisam de sangue, sendo este um recurso muito importante tanto para tratamentos planejados como para intervenções urgentes. Logo, doar sangue é um processo fácil, rápido, seguro e solidário e pode ser feito quando uma pessoa comparece voluntariamente em um centro especializado e disponibiliza seu sangue para ser usado em transfusões ou outras situações clínicas.

A Santa Casa de Curitiba alerta que no Brasil são atualmente coletadas cerca de 3,7 milhões de bolsas por ano, o que corresponde ao índice de 1,8%. Já na Europa e Estados Unidos, esse percentual é de 5% a 7%. Reforçando esse aspecto, é essencial que o Ministério da Saúde invista em sistemas de saúde eficazes incluindo serviços de transfusão que assegurem aos pacientes acesso a sangue e demais hemoderivados.

Por isso, no dia 14 de junho é celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue, sob o intuito de alertar a sociedade para a importância da doação de sangue e, assim, aumentar a possibilidade de salvar vidas. Juntamente com a data, diversos hospitais e órgãos de saúde lançam campanhas para incentivar a doação.

A Uniandrade, munida da importância da doação de sangue, propõe, por meio da parceria dos Cursos de Biomedicina, Farmácia e Nutrição e o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (HEMEPAR), uma ação comunitária de campanha de doação de sangue, que se estenderá de 15 de abril a 15 de junho de 2019.

COMO PARTICIPAR

Pretende-se envolver e integrar os alunos dos devidos cursos em uma ação de interesse social de envergadura, na qual deverão comparecer aos hemocentros ou serviços de saúde de Curitiba e região e realizar a doação de sangue. Ainda, incentiva-se que os estudantes participem como monitores na divulgação sobre a importância da doação como gesto de cidadania e altruísmo.

Para os alunos que comparecerem ao HEMEPAR, deverão citar o código de campanha, número 1052. Com o gesto generoso, os acadêmicos podem apresentar o comprovante às coordenações dos seus respectivos cursos (Biomedicina, Farmácia e Nutrição) para que se faça o registro da ação social contabilizando horas complementares e sociais.

Participe e ajude a salvar vidas!

#insta
#facebook
Uniandrade © 2019