Aluno da Uniandrade conta como é estudar a distância

Autor(a):

Apesar de termos falado aqui no blog sobre o perfil predominante do EaD, que seria de estudantes acima de 30 anos, nosso aluno Patrick Vitorino de Oliveira foge a esta regra. Com apenas 23 anos, ele sonha em se tornar investidor e escolheu a graduação EaD em Ciências Econômicas para dar o primeiro grande passo nessa direção. Em entrevista, nos contou um pouco sobre a escolha da modalidade e como é sua rotina.

1 – Por que escolheu a graduação em Ciências Econômicas?

Eu escolhi por essa graduação porque eu quero me tornar um investidor e, ao ver a grade me agradou muito, pois ela contemplava Análise de Investimentos, além de abordar diversos temas que influenciam diretamente o mercado.

Segundo artigos que li sobre “Profissões do futuro“, essa área seria muito requisitada, já que a tendência é que máquinas assumam muitos postos de trabalho, mas as posições que necessitam de uma análise profunda continuarão abertas ao mercado “humano”.

2 – Como conheceu a Uniandrade?

Conheci a Uniandrade quando fui fazer a matrícula para o curso na Universidade Ibirapuera e foi uma surpresa, já que o EaD era de outro estado. Apesar disso, quando eu preciso, a secretaria que fica responsável pelo curso EaD sempre me ajudou muito.

3 – Por que a modalidade EaD foi a melhor opção para você? Qual é a principal vantagem?

A Modalidade EaD foi a melhor opção porque como tenho uma dificuldade de locomoção, eu não preciso fazer o deslocamento do trabalho para a faculdade e da faculdade para casa. Isso reduz o custo com transportes. A principal vantagem para mim é o horário flexível, pois preciso fazer sessões de fisioterapia e na modalidade EaD eu posso estudar quando chego em casa. Além disso, tenho a oportunidade de desenvolver uma habilidade muito importante que é o aprendizado autodidata.

4 – Como é sua rotina de estudos?

A minha rotina de estudos depende muito do tempo que levo para realizar todas as minhas atividades, mas eu tento estudar os assuntos relacionados à faculdade de segunda a sexta, pois no sábado tenho meu curso de inglês. Resumindo, minha rotina de estudos é de segunda a sábado. Eu costumo estudar no meu quarto todas as noites, geralmente das 21h30 à meia-noite.

5 – Qual é sua dica para quem precisa estudar sozinho? O que te motiva?

Minha dica para quem precisa estudar sozinho é: ter consciência que a sua performance depende somente de você, seu esforço em procurar mais informações e videoaulas e relacionar o conteúdo ao qual você está aprendendo com o seu dia a dia é o segredo. O que me motiva é sentir que estou evoluindo e que talvez a oportunidade demore para chegar, mas quando ela chegar eu vou estar preparado.

6 – Já precisou tirar dúvidas com a tutoria? Como foi sua experiência?

Sim, já precisei tirar dúvidas com a tutoria e sempre me responderam. Teve até um episódio recente, onde eu não tinha entendido um assunto sobre matemática financeira e o professor responsável pela matéria mandou algumas videoaulas de suporte que ele achou interessantes e eu acabei absorvendo melhor o assunto.

7 – Como imagina o futuro depois de conquistar o diploma?  

O meu plano é conseguir um emprego em um grande banco, trabalhar com investimentos nessa instituição e também me tornar um investidor. Quando terminar minha graduação pretendo fazer um MBA em Finanças.

 

Também quer ficar preparado como o Patrick?

Conheça nosso portfólio EaD com 21 cursos de graduação, sendo estes divididos em 12 tecnólogos, 04 bacharelados e 05 cursos de licenciatura.

#insta
#facebook
Uniandrade © 2019