Banca de TCC: Descubra as perguntas mais frequentes e saia na frente

Autor(a):

O tão esperado (e temido) dia em que os alunos apresentam o resultado de suas pesquisas aos avaliadores: um momento mais conhecido como Defesa do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Embora seja um dia bastante aguardado por alguns, para muitos é a linha tênue crucial que separa a graduação da colação de grau, ou seja, a finalização do ciclo acadêmico.

Tendo em vista a importância desse momento, é normal que o aluno se sinta inseguro, nervoso ou até mesmo amedrontado com o que lhe espera. O que vão me perguntar? E se perguntarem algo que eu não estudei? Essas e outras perguntas podem ser solucionadas com autocontrole emocional e conhecimento do que geralmente ocorre em bancas de TCC. Por isso, preparamos algumas dicas para você arrasar na sua banca. Confira!

 

PERGUNTAS SOBRE O TÍTULO DO TRABALHO

O título de um TCC é uma peça-chave, pois ele precisa sintetizar, de forma clara e objetiva, a finalidade da pesquisa e sua delimitação. Sendo assim, a banca pode perguntar: “Por que você escolheu este título?” ou “O que você queria alcançar com ele?”. O recomendado é ser bem específico e não deixar lacunas para a banca levantar questionamentos, já que os professores podem tentar descobrir se há uma coerência entre o explanado no título e o restante do trabalho. Pense em uma resposta sincera com relação ao título e sua contribuição para determinada teoria ou conceito abordado.

 

PERGUNTAS SOBRE A ABORDAGEM METODOLÓGICA UTILIZADA

A metodologia do TCC tem por objetivo descrever o tipo de pesquisa realizada, expondo a descrição dos instrumentos e fontes escolhidos para a coleta de dados, qual seja entrevista, formulário, questionário, etc. Resumindo, trata-se do tipo de estratégia adquirida para coletar e validar a pesquisa, a fim de atingir os objetivos esperados.

Esse item deve ser citado não apenas no trabalho escrito como também na apresentação oral, como a abordagem e os procedimentos utilizados. Caso isso não esteja claro para os professores, certamente virão perguntas do tipo: “Qual é a abordagem metodológica do seu TCC?” ou “Por que o instrumento tal foi escolhido para o seu tipo de pesquisa?”.

 

PERGUNTAS SOBRE OS RESULTADOS ALCANÇADOS

Em trabalhos onde a abordagem é quantitativa, a apresentação de resultados é obrigatória. Logo, dados numéricos, imagens, tabelas, planilhas e gráficos deverão ser alinhados com o referencial teórico do TCC.  Se você sente dificuldade em alinhar a parte numérica, não hesite em pedir ajuda à quem entenda antes de finalizar seu trabalho, pois os resultados são parte integrante na avaliação da banca.

Em se tratando de visualização, deixe a diagramação legível para que a banca avaliadora possa ver e interpretar seus dados corretamente. Isso provavelmente evitará perguntas como: “O que está escrito aí?” ou “Não entendi os dados apresentados”.

 

PERGUNTAS SOBRE AS REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Habitualmente, a comissão escolhida para fazer parte de uma banca de TCC possui afinidade teórica e prática com o tema levantado. Isso quer dizer que a maioria dos avaliadores conhecem autores específicos que embasam a pesquisa. Portanto, podem surgir perguntas como: “Por que você escolheu o autor X para embasar o seu trabalho?” ou “Por que você não citou o autor X no seu TCC?”.

Para responder à essas perguntas, seja consciente nas escolhas para construir o referencial teórico. A maioria opta por autores com pesquisas mais atuais, outros pela relevância na contribuição de determinado tema. Se você não conhece o autor recomendado ou simplesmente esqueceu de citar, agradeça a indicação e diga que em uma breve oportunidade fará a devida citação do referido autor.

Atenção: Esteja atento à formatação e revisão do seu trabalho de conclusão. Autores citados no corpo do texto e não mencionado nas Referências Bibliográficas é um erro grave que pode gerar desconto na nota final. Erros de citação também são considerados grotescos em TCC.

 

Vale lembrar que essas e outras perguntas poderão aparecer depois da sua apresentação oral e que, dependendo da sua performance, talvez a banca se dê por satisfeita a não fazer perguntas ou faça sugestões de melhorias em seu trabalho. Nesse caso, aconselha-se a aceitação às críticas como algo construtivo em sua pesquisa, dado o grau técnico da banca em questão.

 

DICAS IMPORTANTES:

  • A intenção da banca não é constranger ou colocar medo, mas validar a pesquisa realizada, ou seja, ter a certeza de que foi você quem desenvolveu aquele trabalho. Sendo assim, a coerência argumentativa é um complemento muito importante que ajudará a convencer a banca.
  • A barema é uma ficha de avaliação que contém aspectos avaliativos tanto ao trabalho escrito quanto à apresentação. Nela, são observados quesitos como postura, clareza na fala, objetividade de ideias, qualidade dos slides, tempo de apresentação, etc. Capriche nos detalhes!
  • As perguntas avaliativas em uma banca de TCC dependem muito do curso, da especificidade do tema ou da linha de pesquisa seguida. Por isso, recomenda-se conhecer a banca antecipadamente e, caso haja dúvidas, sempre saná-las com o orientador.
  • O nervosismo é um fator natural na apresentação oral e os avaliadores sabem disso. Contudo, não inicie a apresentação depreciando seu trabalho com pedido de desculpas ou contando problemas ocorridos durante sua execução. Seja confiante e acredite nos pontos positivos; seu TCC é uma peça de sucesso na sua graduação!
#insta
#facebook
Uniandrade © 2019