Fazer um curso a distância é mais econômico

Autor(a):

A média de idade de alunos de educação a distância é de 31 a 40 anos, de acordo com o MEC. Trata-se de um público mais maduro, com mais contas e pagar e que em grande maioria já trabalha. Dentro deste contexto, ganha relevância uma vantagem específica do curso a distância: ele é mais barato!

Apesar de não existir um número oficial do tíquete médio, a Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED) estima que a mensalidade dos cursos a distância seja em torno de 20% mais barata que a do presencial.

dinheiro-mensalidade

O último Censo da ABED coloca uma ideia aproximada de valores. Segundo o documento referente a 2017, cursos mais caros com valores acima de R$ 1000, chegando até R$ 3500, são frequentes na modalidade presencial, enquanto apenas 1,09% de cursos totalmente a distância estão nessa faixa de preço. No gráfico apresentado, os cursos totalmente a distância tem mais destaque na faixa até R$ 500,00 mensais.

Fazer um curso a distância é mais barato, mas não apenas em função do preço das mensalidades. Esta característica também se concretiza quando levamos em conta a ausência de gastos para deslocamento e alimentação fora de casa, diariamente. Até mesmo com materiais existe alguma vantagem, pois o aluno não gasta com livros e xerox. O conteúdo é 100% online, seja em texto, vídeo ou acesso a livros em bibliotecas virtuais.

Quer saber mais sobre a praticidade do EaD? Clique aqui para ler mais sobre a escolha da modalidade.

#insta
#facebook
Uniandrade © 2019