Psicologia ou Gestão de Recursos Humanos? Saiba como decidir!

Autor(a):

Para atuar como recrutador em um departamento de RH é muito importante saber traçar o perfil psicológico dos candidatos ao quadro de funcionários de uma empresa. Também é fundamental ter habilidade para minimizar ou resolver conflitos entre os colaboradores.

Por estas razões, encontramos diversos profissionais psicólogos atuando no ambiente empresarial. Ao ouvir falar nisso, algumas pessoas podem ficar em dúvida na hora de escolher sua graduação. Mas a verdade é que fora o local de atuação, não há tantas semelhanças entre os cursos Psicologia e Gestão de RH.

As atividades administrativas permeiam a formação em Gestão de Recursos Humanos. Entre elas, estão:

  • Controle de folha de pagamento;
  • Contabilização de faltas;
  • Anotações de licenças;
  • Planejamento de férias;
  • Controle de ponto. 

Assim, quem tem o perfil mais administrativo, não precisará necessariamente se aprofundar nos mecanismos da mente humana, por meio de uma graduação em Psicologia.

Já para o psicólogo, o trabalho em departamentos de RH trata-se apenas de uma possibilidade de atuação no mercado e, ao decidir seguir este caminho, é recomendado uma pós em RH a fim de ganhar intimidade com a cultura empresarial e suas rotinas.

Quais são outras formas de atuação do Psicólogo?

  • Intervenção Clínica: atua em consultórios, após escolher uma das correntes teóricas da Psicologia;
  • Hospital: realiza atividades diversas, tais como: atender pacientes de hemodiálise; dar assistência a familiares de pacientes terminais ou com alguma deficiência; faz intervenção em pessoas que passarão por cirurgia bariátrica, etc;
  • Escola: participa do processo escolar, ao atuar em dinâmicas de ensino e aprendizagem; presta assistência a alunos e auxilia crianças e jovens portadoras de deficiência;
  • Social: atua em ONG, estudando propostas e intervenções sociais;
  • Esporte: atende atletas, faz avaliações de perfil e acompanhamento do esportista; Considerada uma área com grande potencial de crescimento!
  • Acadêmica: qualifica-se para a pesquisa e para a docência;
  • Jurídico: trabalha em processos de adoção e no tratamento de vítimas de abuso. Pode atuar em penitenciárias, recuperando infratores.

Em resumo, se você tem preferência por atuar com pessoas, mas por meio de rotinas administrativas, seu caminho provavelmente é o de Gestão de RH. Agora, se você quer ter um estudo mais diversificado e uma lista mais longa de ambientes para atuar (para além do empresarial), vale uma pesquisa mais profunda sobre a graduação em Psicologia.

Confira a grade dos cursos de Psicologia e Gestão de Recursos Humanos da Uniandrade para ter ainda mais clareza em sua decisão.

#insta
#facebook
Uniandrade © 2019